terça-feira, agosto 16, 2022

Últimas Postagens

Bolsonaro confirma aumento de benefício e surpreende com valor: Veja

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou que pretende aumentar de R$ 400 para R$ 600 o piso do Auxílio Brasil, ou seja, seu valor mínimo. O acréscimo de R$ 200 valerá até dezembro, com o objetivo de beneficiar mais de 18 milhões de pessoas.

O mandatário falou do aumento do benefício na última sexta-feira, dia 24 de junho. Caso se concretize, o Auxílio Brasil depositará então R$ 600 todos os meses às famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

O que muda com o aumento do Auxílio Brasil?

O assunto sobre o aumento do Auxílio Brasil já circulava nos bastidores do cenário político nos últimos meses, mas que só agora foi anunciada essa possibilidade pelo governo e seus representantes.

A novidade foi anunciada durante evento de entrega de casas populares no município de João Pessoa (PB). Na ocasião, o governo aproveitou para anunciar a medida, que prevê o pagamento de parcela mínima de R$ 600 a todos os inscritos do programa de transferência de renda.

A justificativa adotada para o reajuste tem a ver com a atual situação financeira de milhões de famílias brasileiras, que passam dificuldade por conta dos constantes aumentos da inflação. O índice elevado acaba aumentando os preços dos alimentos, combustíveis, dentre outros serviços.

Quando devem começar os pagamentos do Auxílio Brasil de R$ 600?

A ampliação no valor das parcelas do Auxílio Brasil está prevista para durar até o final do ano, mais especificamente no mês de dezembro de 2022. Além disso, por enquanto, não foram anunciadas datas para o reajuste.

Lembrando que para receber o Auxílio Brasil, as famílias devem ser inscritas no CadÚnico e cumprir os critérios socioeconômicos, como renda per capita familiar de até R$ 105 (extrema pobreza) ou de até R$ 105,01 e R$ 210 (pobreza).

Latest Posts