quarta-feira, junho 29, 2022

Últimas Postagens

preços reagem com queda no volume de oferta

O mercado físico de boi gordo registrou preços firmes nesta sexta-feira (10). Segundo o analista de Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias, o mercado voltou a registrar negócios acima da referência média.

O volume de animais ofertados caiu sensivelmente nos últimos dias, o que tem resultado no encurtamento das escalas de abate em grande parte do país.

“Os elementos de alta seguem presentes no mercado, sinalizando para movimentação ainda mais consistente durante a segunda quinzena do mês. A retomada de boa parte das unidades embargadas pela China é outro elemento que favorece a alta dos preços no curto prazo, com os frigoríficos exportadores retornando a sua programação normal”, apontou Iglesias.

Com isso, em São Paulo (SP), a referência para a arroba do boi ficou em R$ 309 na modalidade a prazo.

Para Dourados (MS), a arroba foi indicada em R$ 275 já na região de Cuiabá (MT), a arroba ficou indicada em R$ 274.

Em Uberaba (MG), preços a R$ 275 por arroba e em Goiânia (GO), preços a R$ 277 a arroba.

Atacado

O mercado atacadista volta a apresentar preços firmes. O ambiente de negócios volta a sugerir por alta dos preços no decorrer da primeira quinzena do mês, período que conta com maior apelo ao consumo. “Para a segunda quinzena do mês a expectativa é de arrefecimento, com uma reposição naturalmente mais lenta entre atacado e varejo”, disse Iglesias.

O quarto traseiro do boi permanece precificado a R$ 22,15 por quilo, já a ponta de agulha segue precificada a R$ 15,50 por quilo e por fim o quarto dianteiro foi cotado a R$ 15,90 por quilo.

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts