domingo, maio 22, 2022

Últimas Postagens

Pessoas inscritas no CadÚnico, vão receber kit antena; Entenda

Para as famílias que estão inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e que ainda usam as antenas parabólicas (TVRO) para fazer a sincronização dos seus canais de TV.

Esses inscritos vão receber um kit de recepção de canais, muito mais moderno, para a compressão de áudio e vídeo, totalmente gratuito. Ou seja, muito mais qualidade de som e imagem.

Cerca de 20 milhões de famílias no Brasil, acompanham o sinal aberto e gratuito de televisão via satélite na Banda C, onde vão ser migrados para a BandaKu, com o objetivo de evitar interferências na faixa 3,5 GHz.

Essa faixa 3,5 GHz, está reservada para o sinal 5G, que é uma frequência de sinal mais potente, e que vai começar a ser implementada em julho desse ano nas 27 capitais do Brasil. Calcula-se que mais ou menos 10,5 milhões de brasileiros são inscritos no CadÚnico.

A definição do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi). Criado depois do leilão do 5G, que deu início no formato H.265 como caracterização para os conjuntos que vão ser direcionados para a população de baixa renda.

Identificação de Interferências

No mês de abril, ocorreu a última reunião do Grupo, onde foi votado e aprovado um prazo de cinco dias em pelo menos 90% dos casos para atendimento dos chamados em relação à interferência de sinal pela Entidade Administradora da Faixa de 3,5 GHz (EAF).

O edital do leilão de sinal 5G ainda previu a criação do Gaispi, que são formados por integrantes da Anatel, do Ministério das Comunicações, das operadoras vencedoras do sinal 5G, dos radiodifusores e das exploradoras de satélites.

Vão ser acompanhados a aplicação dos recursos que foram arrecadados, para assegurar que a população que faz o uso da TV aberta via satélite não fique sem assistir. A migração que sera feita da Banda C para Banda Ku, irá acontecer para poder liberar a faixa para o sinal 5G e poder cumprir o cronograma que foi estabelecido no edital.

Onde a banda larga móvel da início a sua operação a partir do dia 30 de junho, nas capitais e o Distrito Federal. E em 2023 vai ser a vez dos municípios com mais de 500 mil habitantes, e assim por diante até que o cronograma seja finalizado em 2026.

Latest Posts