sábado, maio 21, 2022

Últimas Postagens

Segurado do INSS é obrigado a sacar o 13º salário? Entenda como funciona

A antecipação do 13º salário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foi confirmada e já começou a ser liberada para milhões de segurados. A medida foi adotada mais uma vez pelo governo federal como forma de movimentar a economia do país.

A primeira parcela cai junto com o benefício competente a abril, enquanto a segunda sai junto com o repasse de maio. Mas e quem não quiser sacar agora, é obrigado a usar o benefício?

Não existe nenhuma lei que obrigue o cidadão a usar o dinheiro assim que ele cai na conta. Dessa forma, quem preferir guardar os recursos para o fim do ano ou para qualquer outro momento tem direito de fazer isso, sem correr o risco de perder os valores.

A utilização do abono agora é, inclusive, uma grande preocupação entre os especialistas. Muitos temem que a antecipação possa levar aposentados, pensionistas e outros segurados a um descontrole financeiro nos últimos meses do ano, aumentando o número de endividados.

Pagamento do benefício

O calendário de liberação da primeira parcela do 13º salário do INSS começou no dia 25 de abril e vai até 6 de maio. Ele é dividido entre os beneficiários que recebem um salário mínimo e os que ganham acima do piso nacional.

Confira as datas de pagamento do abono anual:

  • Segurado que ganha um salário mínimo
Dígito final NIS 1ª parcela 2ª parcela
1 25 de abril 25 de maio
2 26 de abril 26 de maio
3 27 de abril 27 de maio
4 28 de abril 30 de maio
5 29 de abril 31 de maio
6 02 de maio 01 de junho
7 03 de maio 02 de junho
8 04 de maio 03 de junho
9 05 de maio 06 de junho
0 06 de maio 07 de junho
  • Segurado que ganha mais de um salário mínimo
Dígito final NIS 1ª parcela 2ª parcela
1 e 6 02 de maio 01 de junho
2 e 7 03 de maio 02 de junho
3 e 8 04 de maio 03 de junho
4 e 9 05 de maio 06 de junho
5 e 0 06 de maio 07 de junho

Latest Posts