quarta-feira, maio 18, 2022

Últimas Postagens

Nova CNH começa a valer em todo país a partir de 1º de junho: Confira tudo sobre a nova mudança

A nova Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está prevista para entrar em vigor no dia 1º de junho. O novo documento trará mudanças significativas que vão desde o formato até a padronização utilizada internacionalmente.

O novo modelo da CNH tem como objetivo trazer mais modernidade e também segurança contra possíveis fraudes, além de claro seguir uma padronização junto ao modelo internacional.

Além disso, a nova Carteira de Motorista facilitará e muito a vida dos condutores habilitados no Brasil que queiram dirigir em outros países.

A Resolução 886 que traz as mudanças para a nova CNH foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 23 de dezembro de 2021.

O que muda na nova CNH

A nova CNH trará uma série de mudanças que vão desde a cor do documento até mesmo a novas categorias de habilitação, que substituirão as atuais A, B, C e D.

Mudanças estéticas

Quando as mudanças estéticas, o novo documento terá predominância nas cores verde e amarelo e trará uma tabela que visa identificar os tipos de veículos que cada motorista está apto a conduzir.

A primeira coluna do documento terá a categoria da CNH, seguida por uma imagem de um automóvel e a respectiva indicação se o cidadão está habilitado para conduzir aquele tipo de veículo.

Mudanças nas categorias

A nova CNH vai apontar se o condutor tem apenas a permissão para dirigir ou se já possui a CNH definitiva.

  • A permissão para dirigir será apontado pela letra “P”;
  • Já a CNH definitiva será apontada com o uso da letra “D”.

Também haverá um campo, como atualmente informação sobre o ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotor).

Segunda às novas normas, a CNH contará com 14 categorias diferentes, que estarão visíveis em uma tabela no verso do documento.

As letras iniciais (A, B, C e D) permaneceram inalteradas, no entanto agora essas letras serão combinadas entre si e ainda podendo ser seguidas pelo dígito 1.

A nova classificação será baseada no modelo europeu, que atribui diferentes tipos de classificações a condutores de cargas e de pessoas.

Contudo, ainda não foi divulgado quais serão as definições dessas “subcategorias”, o que deve ser resolvido nas próximas semanas através de audiências públicas do Contran.

Segurança

A nova CNH manterá o QR Code que já está disponível nos documentos emitidos a partir de 2017. Através do código é possível armazenar todas as informações do documento, inclusive a fotografia do motorista.

Por fim, o documento poderá ser expedido em formato físico, digital ou em ambos os casos, o que ficará a critério do motorista. Vale lembrar que a versão digital do documento pode ser acessada através do aplicativo de celular “Carteira Digital de Trânsito”.

Mudança de documento

Por fim, é importante esclarecer que os condutores não precisarão solicitar a troca do documento, isso porque a atual CNH continuará valendo.

O novo modelo será emitido obrigatoriamente a partir do dia 1º de junho, contudo, será feito de forma progressiva, em que os motoristas que solicitarem a segunda via vão receber o novo documento, conforme quem está tirando ou renovando a CNH.

Latest Posts