domingo, maio 22, 2022

Últimas Postagens

Destaques do dia: Novo saque do FGTS sai HOJE; PIS/Pasep para mais gente; 13º do INSS é antecipado; Auxílio de R$ 456 em abril e mais

Nesta quinta-feira, 17, o governo federal vai divulgar um pacote de estímulos à economia do país. Dentre as medidas esperadas estão a liberação de um novo saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e a antecipação do 13º salário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O dia também é marcado pela notícia de que mais gente terá acesso ao abono salarial PIS/Pasep, que hoje sai para os funcionários da iniciativa privada nascidos em agosto e servidores públicos com inscrição final 7. Confira esses e outros destaques.

Novo saque do FGTS

Em uma cerimônia marcada para esta quinta no Palácio do Planalto, o governo deve anunciar seu novo pacote de medidas para impulsionar a economia. Uma nova rodada de saques de até R$ 1 mil do FGTS está entre as principais ações.

Mais de 40 milhões de trabalhadores poderão sacar o saldo de suas contas vinculadas ativas (emprego atual) e inativas (empregos antigos). A expectativa é despejar cerca de R$ 30 milhões na economia.

O saque não será obrigatório, mas quem quiser acessar o dinheiro só precisa ter saldo nas contas do FGTS. Aquele que tiverem menos de R$ 1 mil poderão sacar a quantia disponível, enquanto quem tiver mais só poderá retirar valores até o limite estabelecido.

13º salário do INSS antecipado

Outra medida que também deve ser anunciada hoje é a antecipação do 13º salário de aposentados, pensionistas e beneficiários de outros auxílios do INSS. Repetindo o que ocorreu em 2020 e 2021, as parcelas serão liberadas nos meses de abril e maio.

Confira as datas de depósito do abono, que cai junto com o benefício original do segurado:

  • Segurados que ganham até um salário mínimo: 1ª parcela de 25 de abril a 6 de maio e 2ª parcela de 25 de maio a 7 de junho.
  • Segurados que ganham acima do piso nacional: 1ª parcela de 2 a 6 de maio e 2ª parcela de 1º a 7 de junho.

Ceca de 31,5 milhão de cidadãos estão aptos a receber o 13º salário do INSS. O medo dos especialistas é que o grupo fique sem ajuda financeira no fim do ano.

Microcrédito para ex-beneficiários do Auxílio Emergencial

Ainda dentro do pacote de medidas, o presidente Jair Bolsonaro pode autorizar a criação de um microcrédito de até R$ 1 mil para ex-beneficiários do Auxílio Emergencial. Ainda não há muitas informações sobre a novidade, mas é possível que o valor seja destinado ao investimento em pequenos negócios.

O Auxílio Emergencial atendeu mais de 67 milhões de pessoas entre os anos de 2020 e 2021, a um custo de R$ 379 bilhões para os cofres públicos. O governo nega qualquer previsão de retorno do programa.

Novidades sobre o PIS/Pasep

Os repasses do abono salarial PIS/Pasep foram retomados na última terça-feira, 15, após uma pausa de quase três semanas. Hoje é a vez dos funcionários de empresas privadas nascidos em agosto receberem o PIS, e dos servidores públicos com inscrição final 7 receberem o Pasep.

Além daqueles que já estavam aptos a receber o benefício, o governo anunciou que a Dataprev reprocessou os dados de alguns trabalhadores e cerca de 1,9 milhão de pessoas a mais poderão receber o benefício de até um salário mínimo (R$ 1.212).

“Devido a inconsistências de informações da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) enviadas pelas empresas, foi necessário realizar um reprocessamento mais apurado das informações, trabalho em curso pela Dataprev. O objetivo é garantir o correto direito dos trabalhadores e evitar a necessidade de pedidos de revisões adicionais”, explicou a Dataprev.

Para consultar o abono PIS/Pasep, baixe o aplicativo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital ou acesse a plataforma Gov.Br.

Auxílio de R$ 456 em abril

Os brasileiros de baixa renda que recebem o Auxílio Brasil e o vale-gás nacional terão direito a repasses de R$ 456 em abril. Isso porque os pagamentos dos dois programas vão coincidir no próximo mês.

O aumento no valor do vale-gás é esperado após a alta mundial nas cotações dos combustíveis. A iniciativa oferece um benefício equivalente a 50% do preço médio do botijão de gás de 13kg, enquanto o Auxílio Brasil paga R$ 400.

Cerca de 5,5 milhões de famílias recebem o vale-gás atualmente, e mais de 18 milhões estão inscritas no Auxílio Brasil. Esses números podem subir ainda mais em abril, já que o Ministério da Cidadania planeja incluir novas famílias a cada folha de pagamento.

Latest Posts