domingo, maio 22, 2022

Últimas Postagens

Boeing 737 cai na China, no pior acidente no país em 27 anos

Um avião Boeing 737-800 da China Eastern Airlines com 132 passageiros a bordo caiu em uma área montanhosa da província de Guangxi, na região sul do país. A aeronave pegou fogo no local e o motivo do acidente ainda está sendo ivnestigado.

Dados de rastreamento de voo sugerem que o 737-800 perdeu altura rapidamente de sua altitude de cruzeiro, antes de atingir o solo, pouco depois de perder o contato com o controle de tráfego aéreo. O avião caiu milhares de metros em menos de três minutos.

publicidade

Não há informações sobre sobreviventes, e tanto a companhia aérea quanto a mídia chinesa já expressaram condolências pelas vítimas.

Pior em 27 anos

O voo MU5735 da companhia aérea chinesa decolou da cidade de Kunming pouco depois das 13h (2h no horário de Brasília) com destino a Guangzhou. Imagens feitas por moradores locais e compartilhadas nas mídias sociais chinesas – e por emissoras estatais – mostraram fogo e fumaça do acidente e destroços do avião no chão.

Em outras cenas também postadas nas redes sociais, há o exato momento em que o avião aparece em queda. Nelas, o Boeing 737-800 surge na vertical, rapidamente, antes de acertar o solo.

Mais de 600 socorristas estão no local da queda. Bombeiros que chegaram primeiro conseguiram apagar as chamas nas colinas causadas pelo acidente. O presidente chinês Xi Jinping disse estar chocado com o ocorrido e ordenou uma investigação imediata sobre sua causa.

O histórico de segurança do setor aéreo da China está entre os melhores na última década – o último grande acidente de avião do país foi em agosto de 2010, matando 42 pessoas. Se é confirmada a ausência de sobreviventes, esse é pior acidente que a China teve em 27 anos, desde 6 de junho de 1994, quando um Tupolev Tu-154M se partiu no ar próximo a Xi’An, levando à morte de 160 pessoas, entre passageiros e tripulantes, no que foi o caso mais letal da história chinesa.

A China Eastern Airlines é uma das três maiores transportadoras aéreas do país, operando dezenas de rotas domésticas e internacionais, atendendo 248 destinos.

Um relatório da empresa de janeiro apontou para 289 aeronaves da série Boeing 737 em sua frota de 751 unidades. O Boeing 737 bimotor de corredor único é um dos aviões mais populares do mundo (inclusive no Brasil) para voos de curta e média distância e

No Brasil, uma das maiores tragédias recentes envolvendo uma aeronave Boeing 737-800 ocorreu em 2006, quando o Voo 1907 com 154 passageiros a bordo operado pela Gol Linhas Aéreas Inteligentes colidiu com um Embraer Legacy 600, caindo em uma área de mata fechada no estado do Mato Grosso. Não houve sobreviventes.

O avião Boeing 737-800 do acidente de hoje na China tinha sete anos, de acordo com sites de rastreamento. Com capacidade para 162 passageiros em uma configuração de 2 classes, o modelo também pode transportar 189 pessoas em classe única, sendo o equivalente direto do modelo A320 da Airbus.

Seu alcance é de 5 670 km (3060 milhas náuticas), sendo uma aeronave equipada com motores CFMI CFM 56-7. É o modelo antecessor da linha Boeing 737 Max, dos aviões envolvidos em acidentes mortais na Indonésia em 2018 e na Etiópia em 2019. Outro acidente grave recente com um Boeing 737-800 ocorreu em 2007 da Kenya Airways, com 115 pessoas a bordo e nenhum sobrevivente.

Imagem: nitinut380/Shutterstock

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!



VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts