sexta-feira, maio 20, 2022

Últimas Postagens

STI E-RA: máquina elétrica 4×4 da Subaru entrega 1.073 cavalos de potência

Marca tradicional no rali e nos esportes off-road, a Subaru revelou no Salão do Automóvel de Tóquio, nesta sexta-feira (14), um conceito elétrico radical para demonstrar sua tecnologia 4×4. Chamado de STI E-RA, o esportivo se baseia no Solterra, primeiro modelo elétrico da montadora, e visa promover os valores que definem o legado da Subaru como “o prazer de dirigir” e a “absoluta sensação de segurança” na estrada.

O STI E-RA usa quatro motores, um em cada roda, que juntos geram uma potência de 1.073 cavalos — a exata força do conceito Mission R, revelado pela Porsche no fim do ano passado. Por conta de um sistema de vetorização de torque, a potência dos propulsores pode ser alternada de forma instantânea. A Yamaha foi responsável pela construção do motor.

publicidade

Segundo a Subaru, os motores são montados em cada roda para entregar o grau de potência ideal e um melhor controle de guinada. A configuração também foi pensada com vista para 2023, quando a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) planeja introduzir um Mundial de GTs elétricos — no qual a montadora japonesa demonstra forte interesse.

A Subaru diz que vai competir com o STI E-RA no automobilismo como parte de um plano para melhorar a pilotagem de seus carros de rua e se preparar para uma futura “sociedade eletrificada”. A montadora fará um programa de desenvolvimento na pista ao longo de 2022 e, em seguida, levará o modelo à tradicional Nurburgring, na Alemanha, onde tentará alcançar um tempo de volta de 6min40s — 15s a menos do que o recorde de 6min25s91, pertencente ao finado piloto alemão Stefan Bellof e à Porsche.

Subaru/Divulgação

Ajustes de design no BRZ, WRX e Levorg

Ainda no Salão de Tóquio, a Subaru anunciou ajustes de design nos modelos BRZ, WRX e Levorg, que receberam um tratamento da STI (Subaru Tecnica International), divisão esportiva da montadora.

O WRX, chamado de WRX S4 no Japão, recebeu partes aerodinâmicas que devem ser incorporadas numa futura versão de rua especial. Já o BRZ — o único modelo de produção dos três — pode ser imediatamente distinguido do modelo padrão graças a um divisor na frente que incorpora decalques em tom vermelho. Por último, o Levorg ganhou um divisor dianteiro (também em vermelho), saias laterais e um novo acabamento no para-choque posterior.

Subaru BRZ STI
Subaru BRZ STI (Subaru/Divulgação)

Leia também:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!



VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts