sexta-feira, janeiro 21, 2022

Últimas Postagens

BC divulga nesta quarta-feira nova taxa de juros

A taxa básica de juros, a Selic, deve terminar 2021 a 9,25% ao ano, de acordo com expectativa quase unânime do mercado financeiro.

Nesta quarta-feira (8), o Copom (Comitê de Política Monetária) conclui a última reunião do ano e a previsão é que a taxa suba 1,5 ponto percentual. Atualmente, a Selic está em 7,75%.

Analistas do mercado financeiro já vinham sinalizando a expectativa dessa alta desde a última reunião do Copom, realizada em outubro, quando os membros indicaram a elevação na nota apresentada após o encontro.

O Boletim Focus, divulgado na segunda-feira (6), também sinalizou alta de 1,5 ponto percentual nesta última reunião e que a Selic feche o ano a 9,25%.

Segundo o Focus, que compila previsões de cerca de 100 respondentes na sondagem do Banco Central, a Selic finalizaria 2022 a 11,25%.

Como funcionam os juros básicos?

A Selic é conhecida como taxa básica porque é a mais baixa da economia e funciona como forma de piso para os demais juros cobrados no mercado.

A taxa é usada nos empréstimos entre bancos e nas aplicações que as instituições financeiras fazem em títulos públicos federais.

Em linhas gerais, a Selic é a taxa que os bancos pagam para pegar dinheiro no mercado e repassá-lo a empresas ou consumidores em forma de empréstimos ou financiamentos.

Por esse motivo, os juros que os bancos cobram dos consumidores são sempre superiores à Selic.

A taxa básica também serve de principal instrumento do BC para manter a inflação sob controle, próximo da meta estabelecida pelo governo.

Isso acontece porque os juros mais altos encarecem o crédito, reduzem a disposição para consumir e estimulam novas alternativas de investimento.

Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Já quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo.

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts