terça-feira, novembro 30, 2021

Últimas Postagens

Startup holandesa Hardt Hyperloop recebe financiamento do Conselho Europeu de Inovação

A pouco falada Hardt Hyperloop acaba de ultrapassar seus concorrentes mais famosos em um critério importante. Tornou-se a primeira a receber apoio oficial da União Europeia. Foram € 15 milhões (R$ 98,6 mi) dados pelo Conselho Europeu de Inovação (EIC).

A Hardt faz parte de um consórcio para o desenvolvimento de padrões para um hyperloop europeu, que seja compatível entre os países. Já estava cooperando com o governo holandês e parceiros comerciais, para estabelecer o que acredita que será a primeira rota da Europa, entre Amsterdã e Roterdã.

publicidade

Hardt não inventou o Hyperloop

Hyperloop é uma tecnologia divulgada de forma aberta por Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX. Consiste em vagões do tipo maglev dentro de um túnel com vácuo quase absoluto.

Maglevs (de “levitação magnética” em inglês) são trens que já existem, e funcionam, como o nome indica, sem tocar os trilhos, levitados por força magnética. Também movidos por magnetismo, na forma de motores lineares, que ficam fora da composição, nos trilhos.

Combinando a ausência de atrito com a pista de um maglev com a ausência do atrito com do ar dentro de um túnel que não tem ar, a ideia é que esses vagões se movam a mais de 1000 km/h.

Dizemos vagões, e não trens, porque a ideia também é usar vagões desconectados. Composições são desnecessárias porque a propulsão não fica numa locomotiva, mas nos motores lineares nos trilhos. E, com o avanço da tecnologia, o controle individual permitirá mais flexibilidade em criar “trens virtuais”, formados por vários desses vagões próximos, mas não conectados uns com os outros.

Centro de testes

A Hardt pretende ser a primeira empresa a fazer uma instalação de testes de Hyperloop na Europa. O Centro Europeu de Hyperloop receberá desenvolvedores do mundo todo, e fará testes de coisas problemáticas na tecnologia: como troca de pista e simulação de emergências. Sua inauguração é prevista para 2023.

Tim, Houter, co-fundador da Hardt Hyperloop, comentou do prêmio: “É excelente que nós tenhamos ganho a confiança da Comissão Europeia. O apoio deles irá ajudar a acelerar o desenvolvimento de uma rede hyperloop europeia, levando-nos muito mais próximos de economia significativa de CO2. As cidades europeias serão conectadas [de forma] mais inteligente, mais rápida e mais barata”.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!



VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler