quarta-feira, dezembro 1, 2021

Últimas Postagens

Michelin planeja lançar pneus sem ar em 2024; entenda

Trocar os pneus do carro deve se tornar um ato obsoleto em 2024. É o ano em que a Michelin planeja lançar pneus que não precisam de ar para criar contato com o solo. Intitulado Uptis (sigla em inglês para Sistema Único de Pneus à Prova de Furos), o conceito foi desenvolvido em parceria com a General Motors e já foi testado e aprovado.

Mas como pode funcionar um pneu sem ser inflável? De forma simples: em vez de ar, a banda de rodagem se conecta à roda por meio de palhetas de plástico reforçadas com fibras de vidro. Flexíveis, estas palhetas se adaptam ao solo de acordo com a superfície do asfalto e a direção.

publicidade

É justamente a partir daí que surgem os benefícios, já que pregos e cortes nas paredes laterais do pneu deixam de ser danos irreparáveis. Também não haveria mais a necessidade de verificar a calibragem dos pneus, nem comprar estepes, macacos ou infladores.

O Uptis vai redimir os motoristas do medo de passar por um prego na estrada (Michelin/Divulgação)

Os pneus sem ar da Michelin também têm uma vantagem ambiental. Feitos de materiais renováveis, os Uptis podem ser feitos em impressoras 3D e contribuir para a diminuição de descartes de microplástico nos oceanos. Segundo pesquisa recente do Instituto Norueguês de Pesquisa Aérea, 500 mil toneladas de partículas oriundas de pneus são emitidas todos os anos e metade delas chegam ao oceano. Parte delas, cerca de 80 mil, chegam a áreas árticas e contribuem para o degelo, poluindo muito mais do que sujeira levada pelos rios.

Uptis: os pneus sem ar da Michelin
Novos pneus sem ar da Michelin foram testados pela primeira vez no Salão de Munique, no início de setembro (Michelin/Divulgação)

Testes no Salão de Munique

No início de setembro, durante o Salão do Automóvel de Munique, a Michelin testou pela primeira vez os pneus sem ar em vias públicas. Alguns dos youtubers que participaram do ensaio, como Mr. JWW, se mostraram bastante satisfeitos com a performance do arco.

“Quando você vê de longe, você pensa que não há como isso andar como um pneu convencional”, disse o youtuber, que usou um e-Mini no teste. “Mas pilotamos ao redor de Munique e, na verdade, é uma experiência muito prazerosa.”

A Michelin ainda precisa responder algumas questões sobre o Uptis, como, por exemplo, o peso dos novos pneus sem ar, a compatibilidade deles com as rodas já existentes no mercado e, principalmente, o preço. Agora é esperar mais três anos para ver como a tecnologia se desenrola.

Imagem: Michelin/Divulgação

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!



VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler