terça-feira, outubro 19, 2021

Últimas Postagens

Excesso de chuva já prejudica soja, milho e trigo no Sul

A formação de uma área de baixa pressão já trouxe ventos fortes no Paraná e Mato Grosso do Sul com rajadas de 90 km/h. Segundo a previsão do tempo, o excesso de chuva dos últimos dias já prejudica a soja e o milho recém-plantados que correm o risco de replantio. O trigo que vinha apresentando bom desempenho e desenvolvimento, agora perde a qualidade com o solo saturado de água, prejudicando a colheita e a fase final do cereal. E a chuva não para por aí.

O avanço de uma frente fria e a circulação dos ventos em vários níveis da atmosfera vão formar nuvens muito carregadas no centro-sul do Brasil. Nesta sexta-feira, 15, a chuva acontece a qualquer hora, com alerta de tempestades, no centro-sul de Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Santa Catarina e praticamente todo o Rio Grande do Sul. Os maiores volumes ficam concentrados especialmente no centro-oeste do Paraná e Santa Catarina e no sul de Mato Grosso do Sul. A chance de temporais também aumenta, principalmente à tarde, no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal. Entre a costa do Espírito Santo até o litoral do Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará, a chuva será passageira. Tempo firme apenas no interior do Nordeste, no centro-oeste do Amapá e no extremo norte do Pará. Nas demais áreas do país, a chuva será isolada entre a tarde e à noite.

Ao longo do fim de semana, o avanço da frente fria e a circulação dos ventos vão formar nuvens muito carregadas na maior parte do Brasil. Os temporais serão frequentes e a chuva será volumosa no Sudeste, Centro-Oeste e especialmente nos estados de Santa Catarina, Paraná, Acre e Rondônia. No Rio Grande do Sul e no interior do Nordeste, a tendência é de pouca chuva, assim como na costa leste do Nordeste.

O último relatório do Departamento de Meteorologia dos Estados Unidos (Noaa) indica frio tardio para áreas do Sul e a segunda quinzena de outubro ainda pode ter episódios isolados de geadas no Sul com temperaturas mais baixas na região. Outro grande sinal do fenômeno é a chuva mais abrangente no Sudeste, Centro-Oeste e Norte. Até mesmo áreas do Matopiba, área que engloba os estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia, já vão ter um aumento significativo do volume de chuva nos próximos 10 dias.

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler