terça-feira, dezembro 7, 2021

Últimas Postagens

Brasil vai alimentar o mundo até 2050 sem derrubar uma árvore a mais, diz Alysson Paolinelli

O ex-ministro da Agricultura Alysson Paolinelli foi o convidado desta edição do Canal Rural Entrevista, programa que agora está em novo horário na grade de programação. A atração pode ser acompanha todas as terças, a partir das XXXX

Entre os assuntos abordados na conversa, destaque para a expectativa de aumento da população mundial, que deverá totalizar 10 bilhões de pessoas em 2050. Nesse cenário, o desafio da produção de alimentos será ainda maior, com o Brasil se tornando o protagonista na oferta e na forma como serão disponibilizados os suprimentos, como destaca o ex-ministro da Agricultura.

“Estudos de entidades como a ONU e FAO, mostram que para atender a demanda de alimentos será necessário que a oferta cresça entre 61% a 71% nos próximos 30 anos. Órgãos internacionais, ao analisarem a tecnologia da agricultura tropical brasileira, que é altamente sustentável, mostram que nós conseguiremos dar a garantia de segurança alimentar ao mundo sem precisar aumentar nenhum hectare ou derrubar uma árvore”, destaca.

De acordo com Alysson Paolinelli, nos países de clima temperado, que ofertaram alimentos ao mundo por muitos anos, o aumento na produtividade fica, em média, na casa dos 20%, sendo assim insuficiente para garantir a demanda por produtos agrícolas que será cada vez mais crescente.

Na avaliação do ex-ministro, a demanda por alimentos será maior especialmente nos países mais populosos do globo.

“A tendência é de aumento na renda das nações mais populosas nos próximos anos, com destaque para China, Indonésia e Índia. Estudos mostram que as pessoas com maior renda têm interesse em se alimentar melhor. Sendo assim, haverá demanda para isso. Essa é importância do Brasil, garantir o abastecimento da população de maneira sustentável”, ressalta Paolinelli.

Ao Canal Rural entrevista, o ex-ministro também falou sobre a importância da Embrapa para a evolução da produção de alimentos no país e como a disponibilidade de produtos pode ajudar a enfrentar problemas socioeconômicos, como a crise migratória internacional.

 

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler