domingo, outubro 17, 2021

Últimas Postagens

Victa, uma lancha submarina parece saída do filme de James Bond, custa US$ 14 mi

Uma lancha rápida leva mergulhadores próximo a seu alvo. Então, para escapar de detecção, submerge a até 30 metros de profundidade. Com sua pintura escura, contra o mar profundo, é quase invisível. Essa é a Subsea Craft Victa, uma lancha submarina que lembra o Lotus Esprit subaquático usado por James Bond em ‘O Espião que Me Amava’ (1977).

Um detalhe que não é detalhe: isso acontece com a cabine se enchendo d’água. É um submarino para ser usado por mergulhadores em trajes de mergulho.

publicidade

Victa submergindo (Imagem: Divulgação)

O projeto foi anunciado em 2020 e, no último dia 9, foi para a água pela primeira vez, no campo de testes da Subsea Craft em Portsmouth, Inglaterra.

Os primeiros testes foram bem básicos: basicamente medindo a estabilidade na água. Os próximos serão de integração dos sistemas, começando em outubro. A previsão de testes móveis sob a água é março do ano que vem.

Na Segunda Guerra, não era lancha submarina, mas torpedo humano

Veículos de inserção de mergulhadores existem desde a Segunda Guerra, quando eram chamados de “torpedos humanos”. Disparados de navios ou submarinos, eles carregavam a tripulação, exposta a água como a na lancha submarina, para instalarem bombas em navios inimigos. Em 14 de dezembro de 1941, quatro microssubmarinos Maiale, da marinha da Itália fascista, foram lançados de submarinos e seus mergulhadores afundaram dois encouraçados britânicos no porto de Alexandria, Egito.

Usar uma lancha no lugar de um submersível convencional tem como vantagem principal a velocidade. A lancha submarina Victa, com um casco em fibra de carbono, é movida em superfície por um motor a jato de água de 725 cv, podendo atingir até 40 nós (74 km/h). Sob a água, é movida por um motor elétrico de 20 kW, dando autonomia para até 4 horas. Nesse caso, a velocidade é limitada a 8 nós (15 km/h).

A ideia é lançá-la a uma distância segura de helicóptero, para levar sua tripulação de 6 mergulhadores, mais um piloto e um navegador, até qualquer alvo. As missões de mergulhadores militares não necessariamente são destruir coisas: pode ser, por exemplo, desarmar campos minados, como aconteceu na invasão do Iraque em 2003.

A Subsea Craft afirma que a Victa é pensada para missões militares, mas poderá ser vendida a civis interessados, como milionários aventureiros. Talvez até para turismo de luxo.

Leia também:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!



VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler