terça-feira, outubro 19, 2021

Últimas Postagens

saiba o que esperar da estação que marca o retorno das chuvas

A primavera marca o retorno do período úmido em boa parte do Brasil e é um período que traz grande expectativa para os produtores rurais. Ainda mais se lembrarmos que neste mesmo período do ano passado, o atraso no regime de chuvas foi gritante e acabou atrasando todo o calendário agrícola também. Para esta primavera, se o cenário ainda não é o ideal, pelo menos, é melhor quando comparado com o cenário da primavera passada.

A nova estação começa na próxima quarta-feira, dia 22 de setembro, às 16h21, horário de Brasília. De acordo com as informações da meteorologista Desirée Brandt, a chuva deve ficar abaixo da média histórica no Sul do Brasil, embora a região já tenha recebido boas quantidades de chuva em alguns estados.

Entre São Paulo e Mato Grosso do Sul, o volume deve ficar em torno do esperado para o período. O mesmo vale para a faixa norte do Nordeste. Já no restante do Sudeste, Centro-Oeste, parte do Nordeste e praticamente toda a região Norte do Brasil, a chuva será acima da média e deve acontecer mais para a segunda metade da primavera.

“Já a partir do decorrer de outubro, conforme o mês for passando, vamos ver também os volumes de chuva aumentando por todo o interior do Brasil. Bem diferente do que aconteceu no ano passado”, explica Brandt. A expectativa para o plantio da safra 21/22 é melhor em relação ao retorno da umidade, mesmo com a previsão de um La Niña a caminho.

Para o último fim de semana do outono, teremos uma massa de ar frio que anda na retaguarda da frente fria que trouxe chuvas para as áreas produtoras do Sul do Brasil. O sistema faz as temperaturas despencarem e provoca geadas na campanha gaúcha. Tempo firme, ensolarado e quente entre Minas Gerais e o Nordeste. Há chances de chuva irregulares entre a costa da Bahia até o litoral do Maranhão e na região Norte, tempo abafado, quente e com trovoadas à tarde.

Durante o fim de semana, o sol volta a aparecer no litoral paulista, com temperaturas em gradativo aumento. O tempo fica estável, sem chuvas desde o Ceará até o Paraná, com baixos valores de umidade relativa do ar. As instabilidades continuam sobre Santa Catarina, com chances de trovoadas e ventos moderados, além dos altos volumes ainda neste sábado.

No Rio Grande do Sul, tempo estável com céu nublado no litoral. Chove entre o Piauí e o Maranhão; inclusive em Teresina. E na faixa leste, entre o Rio Grande do Norte até o Sul da Bahia, chuvas irregulares e ventos moderados desde Pernambuco até o Rio Grande do Norte.

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler