terça-feira, outubro 19, 2021

Últimas Postagens

Previsão de inflação para 2021 sobe para 8%, aponta Focus

As instituições financeiras ouvidas pelo Banco Central (BC) na pesquisa Focus elevaram de 7,58% para 8% previsão para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021. A meta para a inflação no período é de 3,75%.

Há um mês, a projeção era de 7,05% e, na semana passada, de 7,58%. As revisões são impulsionadas pelos recentes aumentos das contas de luz e dos combustíveis, principais vilões do IPCA nos últimos meses. São 23 altas consecutivas.

A previsão de inflação nos preços administrados – que são controlados por contrato ou pelo poder público – aumentou de 11,90% para 12,35%, enquanto a projeção para a inflação medida pelo Indice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) caiu de 19,31% para 19,22%.

Para 2022, as instituições financeiras elevaram de 3,98% para 4,03% a previsão para a inflação medida pelo IPCA. A meta para a inflação no período é de 3,50%. A previsão de inflação nos preços administrados em 2022 ficou estável em 4,40%, enquanto a projeção para a inflação medida pelo IGP-M caiu de 5% para 4,99%.

Juros

Com a previsão de maior alta nos preços, as instituições financeiras também elevaram, pela segunda semana, as expectativas para a taxa básica de juros ao final de 2021. A aposta atual é de que a Selic chegue ao fim do ano também em 8% ao ano, patamar 2,75 pontos percentual superior ao atual.

Na semana passada, a expectativa era de 7,68% e, há quatro semanas, de 7,5%. Atualmente, a Selic figura em 5,25% ao ano.

Boletim Focus foi divulgado pelo Banco Central. Foto: Agência Senado

PIB

O mercado financeiro também cortou a expectativa de crescimento da economia brasileira neste ano. Com a nova revisão, a previsão atual aponta para um salto de 5,04% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021. Na semana passada, o relatório indicava um crescimento de 5,15%. É a quinta queda consecutiva.

A projeção para 2022 diminuiu de 1,93% para 1,72%.

O Banco Central estima que a economia brasileira crescerá 4,6% em 2021, segundo a edição mais recente do Relatório Trimestral de Inflação (RTI), publicada em junho.

A previsão do mercado para a produção industrial em 2021 agora é de crescimento de 6,09%, ante expectativa de alta de 6,28% na semana anterior. Para 2022, a projeção de crescimento caiu para 2%, comparada a 2,01% na semana passada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler