terça-feira, outubro 19, 2021

Últimas Postagens

Nova tabela do IOF deve aumentar custo de crédito para investimentos

A partir de segunda-feira, 20, entra em vigor a nova tabela de cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O decreto assinado na quinta-feira, 16, pelo presidente Jair Bolsonaro, pretende aumentar a arrecadação para ajudar a bancar a ampliação do Auxílio Brasil. Até o final deste ano, a alíquota anual do IOF para Pessoa Jurídica passa de 1,50% para 2,04% e para Pessoa Física de 3% para 4.08%.

O comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, explica que o IOF incide em toda operação financeira de crédito e empréstimos, e no agronegócio o IOF não está com incidência nos empréstimos para investimentos. 

Segundo Daoud, o aumento do imposto resulta no alto custo da produção de todo o país, junto com o aumento da inflação que vem do lado da oferta. “Se você encarece o investimento,  encarece a dívida da população, uma vez que quase 70% dela está na inadimplência.. Dessa forma, eu acho que o presidente precisa se inteirar melhor com o seu ministro da economia [Paulo Guedes] a respeito da nossa realidade”, afirma.

O comentarista ainda ressalta que o país vai à contramão dos demais países que não tem teto de gastos, o que implica na perda de investimentos do governo para aquecer a economia durante a pandemia. “Nós estamos refém do mercado. Estamos vivendo um momento atípico que exige uma decisão, ela tem que vir realmente se não vamos matar nossa economia”.

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler