sexta-feira, outubro 22, 2021

Últimas Postagens

Entenda por que sua internet é ruim mesmo com velocidade alta

Parece que não importa: ainda que você tenha contratado um plano de internet de barda larga veloz, os jogos e as reuniões em vídeo seguem travando. Por que isso acontece?

O problema nem sempre é a velocidade, mas outros fatores, como latência e perda. E, alerta de spoiler, esses fatores não estão relacionados à velocidade.

publicidade

A verdade é que fomos condicionados a pensar na banda larga em termos de velocidade, isso é, Mbps. Lógico, pensar assim fazia sentido quando tínhamos internet discada e as páginas demoravam muitos segundos (até minutos) para abrir.

Agora, com planos de internet de banda larga chegando a 500Mbps no Brasil, será que pensar assim ainda faz sentido? Estudos, como o feito pelo Broadband Forum, mostram que quando a velocidade se aproxima de 100 Mbps as melhorias de navegação por conta da velocidade são em grande parte imperceptíveis para o usuário.

Na Austrália, por exemplo, a relação entre velocidade e qualidade está tão incrustrada na cabeça dos consumidores que eles compram cerca de 410 terabits por segundo (Tbps). Porém, o uso real atinge o pico de 23 Tbps. Ou seja, coletivamente eles usam menos de 6% da velocidade pela qual eles pagaram.

Assim, um plano módico de 50Mbps seria o suficiente para acomodar as necessidades de uma família pequena. Afinal, streaming de vídeo usa cerca de 3 Mbps na alta definição, videoconferência usa 2 a 3Mbps e jogos usam menos de 1Mbps).

Leia também:

Qual é a solução?

Como passamos cada vez mais tempo em experiências imersivas na internet, precisamos repensar o que nos está sendo oferecido enquanto consumidores.

Já que a velocidade é apenas um dos parâmetros, vamos listar outras duas necessidades para uma boa experiência no streaming, reuniões ou jogos online.

Em primeiro lugar, precisamos de uma conexão que ofereça latência baixa e relativamente constante. A latência é o tempo necessário para mover pacotes de dados do servidor para sua casa.

Em segundo lugar, precisamos que ocorra baixa perda na transmissão de pacotes de dados nessa transmissão entre o servidor e a sua casa.

Ambos os fatores, por sua vez, dependem de quão bem seu provedor de serviços de Internet (ISP) projetou e ajustou sua rede. Entre as configurações, podemos citar os caches locais e servidores de jogos locais para diminuir a necessidade de transportar dados à longa distância. Outra solução mais robusta é o uso de inteligência artificial para analisar fluxos de tráfego de rede.

Fonte: Techxplore

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!



VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler