domingo, outubro 17, 2021

Últimas Postagens

Autoridade de segurança critica piloto automático da Tesla

Em entrevista ao Wall Street Journal, Jennifer Homendy, nova chefe do Conselho Nacional de Segurança dos Transportes (NTSB), dos Estados Unidos, se disse extremamente preocupada com a atualização do sistema Full Self Driving. Ela chamou o nome do sistema de piloto automático da Tesla de “enganoso e irresponsável”.

Full Self Driving, quer dizer, literalmente, autodireção plena. E, pela própria Tesla, o nome não é adequado: a direção “plena” exige que o motorista fique com as mãos no volante o tempo todo. “Claramente isso tem conduzido muitas pessoas a abusar da tecnologia”, também afirmou Homendy, referindo-se aos casos em que pessoas apareceram dirigindo Teslas no FSD fora do banco do motorista e citando a propaganda da Tesla e as falas do CEO Elon Musk como motivação.

publicidade

A atualização do FSD promete levar o piloto automático para dentro das cidades – na versão anterior, a função era oficialmente só para a estrada. Homendy acredita que o sistema, que apresentou problemas estranhos como ignorar viaturas da polícia, não está pronto para isso.

Já Elon Musk afirma que 2 mil pessoas testaram o sistema em beta por quase um ano, sem acidentes. O sistema é pago e quem requisita a atualização deve passar por um período de uma semana de testes, monitorando o uso do carro pelo motorista. Só ganha acesso a quem tiver “bom comportamento”.

Piloto automático da Tesla não é o mais avançado

Há muito em jogo como a nova versão. Porque, de fato, na escala de autonomia dos veículos da Sociedade de Engenheiros Automotivos (SAE), a Tesla não está na frente da concorrência. Ela se encontra atrás da Honda. A japonesa que conseguiu atingir o nível 3 de autonomia autorizada no Japão, enquanto os carros da Tesla ainda estão no nível 2.

A diferença é entre ter um veículo com assistência de direção avançada (nível 2) como os da Tesla versus um que, de fato, está se dirigindo sozinho, exigindo a presença de um humano no banco do motorista apenas por segurança. Se a atualização do FSD entregar o que está prometendo, a Tesla sobe de nível.

Os dois últimos níveis da SAE são sem a necessidade de motorista, com o penúltimo ainda exigindo a presença em situações especiais, como chuvas intensas ou neve e o último dispensando humanos para sempre, em qualquer situação. Nenhum veículo do mundo atingiu os níveis 4 ou 5.

Via The Wall Street Journal

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!



VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler