domingo, outubro 17, 2021

Últimas Postagens

a tecnologia que vai revolucionar o mercado de seguros

Iniciativa visa tornar serviços de seguradoras mais acessíveis e alavancar competitividade do mercado de seguros

O início de 2021 marcou a primeira fase do Open Banking, uma iniciativa que visa coletar dados e compartilhar informações individuais dos clientes entre bancos e instituições financeiras, para que, dessa forma, seja possível oferecer serviços e ofertas mais atrativas para cada pessoa. Agora, o mercado de seguros também vai aderir à ideia, através do Open Insurance, que está previsto para estrear no dia 15 de dezembro no Brasil, também em formato de fases.

A primeira fase do projeto visa compartilhar dados públicos das empresas, com foco em produtos e canais de atendimento. A segunda fase, que acontecerá somente em setembro de 2022, dará início ao compartilhamento dos dados de clientes. A terceira fase está prevista para dezembro de 2022, onde todas essas informações poderão ser utilizadas para a execução de serviços dentro desse sistema.

Esse compartilhamento de dados só acontece com autorização do cliente, então é algo totalmente seguro. O principal objetivo da iniciativa é alavancar o mercado de seguros e aumentar sua competitividade, além de tornar seus serviços mais acessíveis para todos os públicos. Tanto o Open Banking, como o Open Insurance, são parte de um sistema chamado Open Finance, que busca criar um ecossistema integrado, através desse compartilhamento de dados, sempre de forma segura, transparente e fazendo bom uso da tecnologia.

Na prática, todas as empresas do ramo podem compartilhar seus dados entre si quando necessário. Um exemplo: se você for mudar de seguradora, não será necessário passar por todo aquele processo burocrático de envio de documentos e coisas do tipo. Sua nova seguradora terá acesso a todas as suas informações (disponíveis através da antiga) e poderá oferecer planos compatíveis com sua renda e principais necessidades.

Essa iniciativa também movimenta empregos na área da tecnologia, especialmente para os profissionais de análise e desenvolvimento de sistemas. Com a popularização desses ecossistemas, a demanda por programadores qualificados será consideravelmente maior, o que também estimula outros a ingressar neste mercado.

Através do Open Insurance, o consumidor terá mais facilidade para consolidar sua vida financeira com organização e planejamento. Seguros, previdência e capitalização serão mais democratizados, e milhões de pessoas poderão proteger seus bens de uma forma simples e que não interfira demais em seu orçamento. Tudo isso só é possível com a integração de diferentes plataformas e tecnologias, o que serve de pilar para todo esse ecossistema de inovação aberta.

VER MATÉRIA ORIGINAL

Latest Posts

Não Deixe de Ler