terça-feira, junho 28, 2022

Últimas Postagens

Cientistas alertam para mais uma nova variante do coronavírus no Brasil

Depois da variante do coronavírus P1, encontrada originalmente em Manaus, cientistas brasileiros encontraram uma nova cepa no país, a N9. Segundo o Estadão, a variante pode ser mais transmissível e até mais resistentes às vacinas, uma vez que há a hipótese dela driblar os anticorpos com mais facilidade. Os estudos apontam que a mutação foi encontrada pela primeira vez no mês de novembro em São Paulo, sendo que no momento já está presente em todas as regiões do país, exceto no Centro-Oeste.

As informações do estudo, reconhecido pela revista científica Genomic Epidemiology, foram coletadas de 195 pessoas diagnosticadas, de 11 a 90 anos, com Covid-19 entre 1º de dezembro e 15 de fevereiro de 2021.

“A identificação da nova variante foi feita em um pequeno número de pessoas, mas nos causa preocupação porque já está em praticamente todo o País. Ela foi identificada pela primeira vez em dezembro e continuada se espalhando”, disse o virologista Fernando Spilki, coordenador da Rede Corona-ômica.

Além da revista científica Genomic Epidemiology, o estudo foi certificado por pesquisadores da Rede Corona-ômmica, do Laboratório Nacional de Computação Científica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, da Universidade Federal da Paraíba, da Universidade Estadual de Santa Catarina e da Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Concomitantemente ao período de produção da pesquisa, a Fiocruz também encontrou a nova variante.

O isolamento social é uma forma primordial de não só evitar a transmissão do vírus que circula no território, como também previne o surgimento dessas novas variantes. Vale lembrar que, ao contagiar milhares de pessoas, o coronavírus cria um mecanismo de adaptação para a sua sobrevivência, que gera essas novas cepas com potenciais na maioria dos casos mais agressivos.

Fonte: Claudia

Latest Posts